dicas

Superfoods: Por que esses alimentos devem aparecer no seu cardápio

Superfoods: Por que esses alimentos devem aparecer no seu cardápio

Chia, Goji Berry, Cacau, Quinoa, Abacate, Castanha do Brasil... Provavelmente você já deve ter comprado ou ouvido falar em algum desses alimentos, sem talvez saber que recebem o nome de Superfoods. Mas afinal o que são Superfoods? Esse termo remete a Super alimentos, ou seja, alimentos que possuem propriedades nutricionais que vão além das tradicionais fontes de energia, proteínas e micronutrientes. São considerados muito nutritivos, contendo substâncias capazes de propiciar mais qualidade de vida, saúde e bem estar.  A venda destes alimentos tem aumentado, segundo dados do Mintel, mostram que a venda dos SuperFoods deram um salto em 202% entre 2011 e 2015. Onde somente em 2015 houve um acréscimo de 36% no número de produtos dessa categoria. Esses aumentos nas vendas ocorreram, pois estes dados estão de acordo com os desejos da nova geração, que está cada vez mais em busca de escolhas mais saudáveis, investindo em uma alimentação saudável.

Os potenciais efeitos de saúde desses Super alimentos são atribuídos principalmente ao alto teor de antioxidantes. Esses são moléculas que protegem as células do organismo dos efeitos prejudiciais dos radicais livres como envelhecimento precoce, câncer e doenças do coração. Os radicais livres são constantemente produzidos pelo nosso organismo de maneira natural e também de forma mais intensificada devido ao estilo de vida moderno. Atualmente há uma maior exposição a estresse, poluição, álcool e fumo, fatores que aceleram a produção dos radicais livres. Desta forma, manter o consumo elevado de antioxidantes através de uma alimentação variada com os SuperFoods, pode ser uma ótima estratégia para  manter o corpo sempre protegido!

 

Confira alguns dos Super foods e seus potenciais efeitos para a saúde:

 

ü  Chia: rico em ômega 3 e fibras. Auxiliam no controle do açúcar no sangue e na saúde do coração. Aliada para quem deseja perder peso, por aumentar a saciedade.

ü  Berries (Açai, Goji Berry, Mirtillo, Framboesa): ricas em vitamina C, um potente antioxidante que melhora a pele, fortalece o sistema de defesa do corpo, reduzindo os episódios de infecções e resfriados. Contêm também antocianinas, substâncias importantes para a saúde do coração.

ü  Cacau: rico em flavonoides, antioxidante que auxilia no controle da pressão, previne doenças do coração e protege contra o câncer.

ü  Abacate: rico em glutationa e em gorduras insaturadas, as chamadas “gorduras boas”. Importante na prevenção do câncer, doenças do coração, envelhecimento e fortalecimento do sistema imunológico.

ü  Salmão: contém ômega 3, substância considerada aliada na saúde do coração e do bom humor, pois auxilia no combate à depressão. Potente antioxidante auxilia na memória e protege o organismo contra doenças como Alzheimer e câncer.

ü  Castanha do Brasil: rica em selênio, potente antioxidante que auxilia na memória, no bom funcionamento da tireóide, além de ser também um aliado da saúde do coração.

 

 

 

REFERÊNCIAS:

 

NIELSEN MEDIA RESEARCH. Millennials– Breaking the Myths. New York, NY, 2010.

 

EUROPEAN FOOD INFORMATION COUNCIL. A ciência por detrás dos superalimentos: serão realmente super?. Disponível em: < http://www.eufic.org/article/pt/artid/The-science-behind-superfoods/>. Acesso em: 18/05/2016.

 

PREPARED FOODS NUTRA SOLUTIONS. Super Growth for Superfoods. Disponível em: < http://www.preparedfoods.com/articles/118107-super-growth-for-superfoods> . Acesso em: 18/05/2016.

 

LLORENT-MARTINEZ, E. J. et al. Characterization and comparison of the chemical composition of exotic superfoods. Microchemical Journal, v. 110, p. 444-451, 2013.

 

MUNDO DO MARKETING. Bem-estar: tendências do mercado de alimentação saudável. Disponível em:           Acesso em: 18/05/2016.

MUNDO DO MARKETING. Superfoods crescem globalmente 202% entre 2011 e 2015. Disponível em:< https://www.mundodomarketing.com.br/ultimas-noticias/36180/superfoods-crescem-globalmente-202-entre-2011-e-2015.html>. Acesso em: 18/05/2016.

 

SMITH, S. Superfood index: top 50 foods to boost health and vitality. Edgecliff: Jane Curry Publishing, 2013.

 

ALI, N. M. et al. The Promising Future of Chia, Salvia hispanica L. Journal of Biomedicine and Biotechnology, v. 2012, p. 1-9, 2012.

 

CONTRERAS, J. G et al. Antioxidant capacity, anthocyannins, and total phenols of wild and cultivated berries in chile. Chilean Journal Of Agricultural Reserch, v. 70, n. 4, p. 537-544, 2010.

D´EL-REI, J, MEDEIROS, F. Chocolate e os benefícios cardiovasculares. Revista do Hospital Universitário Pedro Ernesto, v. 10, n. 3, p. 54-59, 2011. 

 

TONIAL, I. B et al. Caracterização físico-química e perfil liídico do salmão (Salmo salar L.). Alimentos e Nutrição Araraquara, Araraquara, v. 21, n. 1, p. 93-98, 2010.

 

COSTA, T., JORGE, N. Compostos bioativos benéficos presentes em castanhas e nozes. UNOPAR Científica. Ciências Biológicas e da Saúde, v. 13, n. 3, p. 195-203, 2011.

 

SILVA, M. L. C et al. Compostos fenólicos, carotenóides e atividade antioxidante em produtos vegetais. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 31, n. 3, p. 669-682, 2010.

 

WANG, M. et al. Effect of harvest date on the nutritional quality and antioxidant capacity in ‘Hass’ avocado during storage, Food Chemistry, v. 135, n. 2, p. 694-698, 2012.

GOTTILIEB, M. G. V et al. Transição epidemiológica, estresse oxidativo e doenças crônicas não transmissíveis sob uma perspectiva evolutiva, Scientia Medica, Porto Alegre, v. 21, n. 2, p. 69-80, 2011. 

videos