< Voltar

Pergunte ao doutor


Envie sua pergunta:

Quais benefícios que uma microbiota intestinal equilibrada pode trazer para saúde ginecológica?

05.06.12

 

O sistema digestivo e a vagina possuem microbiotas, compostas de bactérias que podem causar doenças e bactérias benéficas, importantes para a nossa defesa. O equilíbrio entre esses dois tipos de bactérias é importante para manutenção da saúde das mulheres.

 

A microbiota vaginal é composta por várias bactérias, mas com predominância de Lactobacillus, que têm a função de proteger a mulher contra algumas infecções.

 

Apesar da vulva e da vagina não estarem conectadas internamente com  o anus,  ou o restante do intestino,  bactérias do intestino podem migrar através do anus para a vagina.  

 

Portanto, atualmente já se sabe que existe comunicação entre a microbiota intestinal e a microbiota vaginal. Além de trazer benefícios para todo o organismo a microbiota intestinal equilibrada, também é importante para a manutenção da saúde ginecológica. 

 

Normalmente, a manutenção equilibrada da microbiota vaginal depende também da presença de quantidades adequadas de Lactobacillus no intestino. Quando ocorrem distúrbios no desequilíbrio na microbiota vaginal, com diminuição de Lactobacillus, o conteúdo microbial do reto com microbiota equilibrada atua como reservatório para repor os Lactobacillus para a vagina. Esse mecanismo pode explicar a capacidade que algumas mulheres possuem de reconstituição da microbiota em situações de desequilíbrio vaginal.

 

Quando a microbiota intestinal está desequilibrada, existe maior risco de que micro-organismos causadores de doenças possam migrar do intestino e ocasionar infecções  na vulva e vagina. Nessa situação o uso de probióticos pode trazer benefícios adicionais na recuperação do equilíbrio da microbiota intestinal.

 

Se considerarmos esses fatos, vemos que a saúde ginecológica começa com uma microbiota intestinal saudável. Além disso, não podemos esquecer que com o aumento do consumo de alimentos processados em nossa civilização moderna, os agentes infecciosos tendem a aumentar mais em relação as bactérias que protegem a saúde.

 

Por outro lado, o aumento do consumo de alimentos saudáveis ricos em fibras, como legumes, verduras, frutas e cereais integrais, além de trazer vários benefícios, ajuda na manutenção de uma microbiota intestinal saudável.

Dr. José Alexandre Portinho

Doutor e Mestre em Ginecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Médico Nutrólogo – Especialista da Abran – Associação Brasileira de Nutrologia

www.mulhersaude.com.br

Compartilhe Twitter Facebook

Outros Artigos

11.09.12

Probióticos: por quanto tempo devo tomar?

Os probióticos são definidos como “organismos vivos qu...

Ver outras perguntas